Eis o comentário (a poesia) da notícia.

domingo, 12 de julho de 2015

Lobão faz versão anti-PT de sucessos antigos e canta "Dilma Bandida" em show



O cantor Lobão não conseguiu nem a metade da ocupação do teatro em que tocou na noite deste sábado (11) em São Paulo. Mas cantou para um público fiel, que vibrou com versões anti-PT de dois de seus maiores sucessos "Vida Bandida" e "Blá Blá Blá... Eu te Amo (Rádio Blá)".
O público, que antes gritava em coro "Dilma, vai tomar no c...", se empolgou com a versão do êxito de 1987 convertido em "Dilma Bandida". Ao final da versão, o cantor ainda fez uma convocação para o próximo protesto contra o governo de Dilma Rousseff, marcado para o dia 16 de agosto. Durante o show, ele chamou o Partido dos Trabalhadores de "cafona", "engano", "mentira", "bunda mole" e "paumolenga".
...
uol - notícias – política de 12/07/2015


Tanto rancor,
tanta ironia.
Na falta de amor,
em busca de cada dia.
Grande cantor,
condenado iria.
Podemos opor,
nesta hipocrisia.
Não podemos compor,
mais velhacaria.


Murilo Conti Vieira

Nenhum comentário: