Eis o comentário (a poesia) da notícia.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Maioridade penal



“A proposta de redução na maioridade penal de 18 para 16 anos para alguns crimes graves, aprovada em primeira votação na Câmara, será questionada no Supremo Tribunal Federal tantos por deputados como pelo governo Dilma Rousseff e pela Ordem dos Advogados do Brasil.
A tramitação, que ainda terá longo caminho no Congresso será contestada por parlamentares já na próxima semana, antes mesmo da segunda votação na Casa.
Ela ainda enfrentará resistências também no Senado, onde líderes já adiantaram que a análise do assunto será mais lenta do que na Câmara.
...”
Folha de S. Paulo 03/07/2015



Desigualdade social, regra nostálgica.
O que devemos fazer diante dessa situação?
Igualando-nos na fome,
ou, a nos compreender,
para ajudar essas pessoas a matá-la?
Não podemos erguer nossas mãos
a rezar para elas?
Não podemos abaixá-las
a salvar vidas?
Quanta comida nós temos?
Quanta fé eles têm?
Paciência na espera da esperança,
sobre uma maca,
pela falta de solidariedade.

Murilo Conti Vieira




Nenhum comentário: