Eis o comentário (a poesia) da notícia.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

A história por trás da foto da família síria que emocionou o mundo



Aos prantos, um refugiado sírio abraça seu filho e sua filha ao chegar em terra firme na ilha de Kos, na Grécia. As lágrimas são de alegria depois da viagem em um pequeno barco inflável com outros homens, mulheres e crianças que fugiram da cidade de Deir Ezzor, na Síria, por causa dos ataques do Estado Islâmico. Todos chegaram vivos.
...
O sírio Laith Majid estava na embarcação com a mulher, que é professora de inglês, e quatro filhos. Eles aceitaram viajar no barco, que só levaria forma segura três pessoas, com outras oito. Segundo a imprensa estrangeira, Laith pagou mais de US$ 8.000 pela viagem da família, depois de fugir da Síria pela fronteira turca.
...
uol Notícias Internacional – de 21/08/2015


Náufrago superado
pelos que são, martírios.
Náufrago reprovado
pelos que ficaram, sírios.

Nunca antes atingido,
pensamento dos que viram.
Sempre mais reduzido,
os que conseguiram.

Choro mais feliz,
de uma crise popular.
Molhado até a cicatriz,
com vertente olhar.

Murilo Conti Vieira