Eis o comentário (a poesia) da notícia.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Aloysio Nunes diz que PSDB apoiará impeachment de Dilma



Um dia depois das manifestações que pediram o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) disse que o PSDB apoiará o processo, caso seja aberto pela Câmara dos Deputados. Ele afirmou, porém, que as condições políticas para o afastamento da petista ainda não estão reunidas e que só estarão no momento em que o PMDB decidir deixar o governo. "O fato é que nós, hoje, vivemos uma situação de impasse. O governo não consegue governar, e não há alternativa política para ele ainda configurada", disse.
Em discurso na tribuna do Senado, o tucano defendeu que já existem elementos jurídicos para pedir a abertura do processo de impeachment da presidente, e que a "sorte" de Dilma era que os grandes empresários começaram a exprimir, nas últimas semanas, um "temor de que os custos de um impeachment sejam mais graves, sejam mais pesados do que o custo da manutenção da presidente Dilma".
...
uol – notícias – de 17/08/2015


Empurrão de lá,
empurrão de cá.
Saída de lá,
saída de cá.
Pessoas sendo presas
por pouco fazerem.
Pessoas sendo pegas
por uma ideia antiquada.
Como posso distinguir
o joio do trigo,
se são todos iguais?

Murilo Conti Vieira

Nenhum comentário: