Eis o comentário (a poesia) da notícia.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

USP diz que cápsulas contra o câncer serão enviadas a pacientes por correio



O Insituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos, divulgou um comunicado informando que a fosfoetanolamina sintética não será mais entregue no prédio do instituto e vai ser enviada pelos Correios para os pacientes com liminares, após a notificação judicial. A substância, que ainda não foi testada clinicamente e não tem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foi desenvolvida por pesquisadores da instituição e vem sendo solicitada por pessoas com câncer. 
A fosfoetanolamina não tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e não passou por todos os testes necessários. Com a decisão do TJ, a USP tem que alertar as pessoas que substância não é um medicamento.
...
Estudada desde o início dos anos 90, a fosfoetanolamina (ou fosfoamina) sintética era entregue gratuitamente no campus da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos, mas, em 2014, uma portaria determinou que as substâncias experimentais deveriam ter todos os registros necessários antes que fossem disponibilizadas à população.
...
G1 – São Carlos e Araraquara – de 16/10/2015


Nosso Pai,
traga um alento para mim.
Nosso Pai,
quero estar no meio do jardim.
Que esse seja composto
por plantas e animais
cheios de vida e gosto
dos habitantes joviais.

Murilo Conti Vieira

2 comentários:

Ana Conti disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Murilo Conti Vieira disse...

http://soundcloud.com/s-o-carlos-agora/z0002823