Eis o comentário (a poesia) da notícia.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Dilma volta a negar cortes no Bolsa Família



A presidente Dilma Rousseff voltou a garantir que não permitirá cortes no Bolsa Família, uma das bandeiras do governo do PT.(...) “Passamos, hoje, por momentos de ajustes, necessário para organizar nossa situação fiscal, reduzir a inflação e recuperar a economia.”
...
(...) “O texto foi aprovado na semana passada em uma comissão especial da Câmara.”
...
Estadão – Política – de 03/11/2015


Cortar a bolsa.
Assim não dá.
Sendo de couro
ou de pano,
não devemos
deixar fazerem isso.
Não podemos menosprezar
o valor sentimental
que a bolsa possui.
Esta que tudo sustenta,
que tudo aguenta,
que tudo leva.

Murilo Conti Vieira

Nenhum comentário: