Eis o comentário (a poesia) da notícia.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Funcionários da Athenas iniciam greve e São Carlos fica sem ônibus


Motoristas e cobradores da Athenas Paulista paralisaram os trabalhos nesta terça-feira (2), interrompendo o serviço de transporte público de São Carlos (SP).
A decisão surpreendeu passageiros e houve confusão por volta das 6h, quando alguns ônibus tentaram sair e foram impedidos pelos trabalhadores em greve. A Polícia Militar foi chamada e tentou até escoltar um dos veículos para que ele conseguisse sair, mas o coletivo voltou para a garagem e o portão foi fechado.
A greve não tem data para terminar e, segundo a categoria, foi motivada porque a prefeitura não assinou o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que garantia a contratação dos funcionários da empresa pela Suzantur Mauá, que vai assumir o transporte coletivo de forma emergencial em 10 de agosto.
"O município de São Carlos ficou de assinar esse Termo de Ajuste de Conduta e o prazo era ontem, segunda-feira, e eles informaram que não iriam assinar", disse Amador Bandeira, advogado do sindicato da categoria. "Não há garantia que essa nova empresa vá aproveitar os trabalhadores da Athenas, e muito menos há garantia de salários, benefícios que os trabalhadores hoje já têm com a Athenas Paulista", completou.
Segundo o advogado, os trabalhadores querem que as autoridades reconheçam seus direitos e que haja uma negociação com a nova empresa.
Entenda o caso
O contrato com a Athenas Paulista está vencido há dois anos e, em maio, o Ministério Público e a prefeitura fizeram um acordo em que ficou definido que a administração teria até 23 de agosto para contratar uma nova empresa.
A companhia escolhida foi a Suzantur Mauá e o anúncio da mudança gerou temores de demissão e de falta de pagamento dos direitos trabalhistas entre os funcionários da Athenas.
Bandeira alegou que a concessionária não tem dinheiro para pagar as verbas rescisórias dos 630 trabalhadores, que, segundo ele, passam dos R$ 16 milhões, e, por isso, o grupo começou a pedir uma transição realizada aos poucos.
A troca começará no dia 10 de agosto e Suzantur vai assumir 14 linhas semanalmente até completar as 61 que atendem a população da cidade.
G1 – São Carlos e Araraquara – de 02/08/2016


Como podemos
ter uma vida
de emprego digno
para sustentar
uma família
sem transporte?

Como podemos
esquecer que
adiante passa
a honra de um ser?

Como podemos
ignorar aqueles
que nos transportam
para uma realidade
inexistente da mente?

Murilo Conti Vieira

Nenhum comentário: