Eis o comentário (a poesia) da notícia.

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Reforma Trabalhista


Folha de S. Paulo - Mercado - 18/02/2018


Ainda caminho para trabalhar
sem a obrigação de caminhar,
sem alguém para obrigar,
sem pensar em descansar.

Como posso um dia 
pensar em parar
o que não comecei.

                                Murilo Conti Vieira

Nenhum comentário: